Loading...
Loading...

Jornalista cobre tiroteio em escola e fica CHOCADA ao descobrir que filho é o atirador



Jornalista levou susto ao saber que filho matou dois colegas e feriu outros



A jornalista Mary Garrison Minyard, do jornal Marshall County Online, da cidade de Kentucky – no estado americano do Tennessee – foi chamada às pressas para cobrir um tiroteio na escola Marshal County, onde um garoto de 15 anos matou dois colegas e feriu dezenas de outros adolescentes.

Apressada, Mary chegou ao local da tragédia quando teve o maior impacto de sua vida: o adolescente que abriu fogo contra os colegas era o seu próprio filho. '


Drama da jornalista Mary Garrison, ao lado do marido, após descoberta.


Desesperada, Mary Garrison passou o caso para outra colega jornalista, aos prantos, tentando entender a arbitrariedade cometida pelo filho,Gabe Parker, que foi detido por policiais.


Gabe Parker atirou para matar por volta das oito da manhã, matando a tiros dois adolescentes de 15 anos, Preston Cope e Bailey Holt, ferindo outras dezenas de colegas na confusão que se seguiu. Aproveitando o caos, fugiu para outra sala, onde se comportou como se nada se tivesse acontecido.


Os dois adolescentes, de 15 anos,  mortos por Gabe Parker no tiroteio.


Mais tarde Parker foi detido pela polícia, que recuperou a arma usada no crime.


Colegas disseram  que Parker era calmo, discreto e, apesar de envergonhado, fazia parte da banda da escola, onde tocava trombone.

Gabe aguarda, agora, sentença num centro de detenção para jovens. As autoridades querem julgá-lo como um adulto tendo em conta a gravidade do crime que cometeu.


Foram momentos de tensão na escola durante tiroteio


A mãe de Parker, a jornalista Mary Garrison Minyard, está inconformada com a tragédia e diz que foi a grande decepção como mãe e como jornalista. Ela enfrenta situação à base de calmantes.

Walther Alvarenga 
Tecnologia do Blogger.