Loading...
Loading...

Revolta e protesto agora: Assembéia do Rio contraria justiça e MANDA SOLTAR deputados e o pior acontece




Protesto contra a revogação das prisões de Picciani, Melo e Albertassi tem confusão no Rio


Em sessão extraordinária realizada na tarde desta sexta-feira (17), os deputados estaduais revogaram as prisões dos colegas Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Paulo Melo - que também já presidiu a Casa - e Edson Albertassi, atual líder do governo. Os três deputados são do PMDB.

Em votação aberta, 39 deputados votaram por soltar os três colegas presos, seguindo o parecer aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, enquanto a manutenção das prisões recebeu 19 votos. Um deputado, Bruno Dauaire (PR), se absteve.

LUTO: Ex-Dominó MORRE de forma trágica e família está em CHOQUE


Além de libertar os três, o parecer da CCJ - transformado em projeto de resolução para ir a votação -  o pior aconteceu, a mesma resolução também determina que Picciani, Albertassi e Melo voltem ao exercício do mandato.


Segundo a asssessoria da Alerj, a própria Casa vai notificar o delegado responsável pelo presídio em Benfica para efetuar a soltura de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi.
Tecnologia do Blogger.