Loading...
Loading...

Estado de Saúde FRÁGIL de Michel Temer provoca discussões e levanta rumores de INTERVENÇÃO MILITAR



O Brasil viveu momentos difíceis em sua política. O presidente da república, Michel Temer passou mal nOvalmente e foi levado as pressas para hospital militar em Brasília.


Analistas políticos garantem que a denúncia pode causar a queda de Temer, seja por meio de um possível impeachment (vários pedidos já foram protocolados na Câmara dos Deputados), ou então por meio da renúncia.

Diante de uma situação tão complicada, muitas pessoas temem que seja necessário uma intervenção militar para que haja uma sucessão de poder e a manutenção da ordem no país.

Fim da Linha: SURPRESA em Decisão do MPF leva mulher de Sergio Cabral de volta para a CADEIA


No entanto, como mostra uma reportagem do jornal 'O Globo', por enquanto, Aeronáutica, Exército e Marinha não pretendem tomar qualquer atitude de força.

Segundo 'O Globo', houve um encontro dos comandos dessas forças militares com o presidente Temer após o escândalo político eclodir na mídia.

O posicionamento das #Forças Armadas nesse momento torna-se importante por muitos motivos. Um deles é óbvio. O Brasil, entre os anos de 1964 e 1984 viveu um período conhecido como 'Ditadura'.


Muitos dos adultos de hoje passaram por esse período, ou pelo menos tem alguma vivência desse trecho histórico, através de depoimentos de pais ou avós.

No ano passado, diante da polêmica envolvendo Dilma, algo parecido aconteceu. Naquele tempo, novamente, as Forças Armadas se negaram à uma possível tomada de poder.

No caso da nossa turbulência política, houve também, o cuidado da entidade para evitar interpretações de que o encontro com Temer poderia ser um apoio ao presidente neste momento.


Em dois pronunciamentos dados desde o escândalo político, Michel já avisou que não vai renunciar. O estado de saúde frágil do presidente, aumenta mais ainda a possibilidade de uma renuncia.

FONTE (BLASTING NEWS) http://br.blastingnews.com/politica/2017/11/forcas-armadas-surpreendem-e-revelam-se-vao-tomar-o-poder-caso-temer-renuncie-001815087.html
Tecnologia do Blogger.